Seguir Sony Portugal

Encante-se com a beleza deslumbrante das grutas de gelo da Islândia

Comunicado de imprensa   •   Nov 26, 2015 00:01 WET

A tecnologia de sensor da câmara Sony permite ver melhor alguns dos pontos mais recônditos da Mãe Natureza, nunca antes fotografados desta forma

A beleza enigmática das grutas de Vatnajokull, um dos maiores glaciares da Europa, é revelada em todo o seu esplendor congelado e gelado através de fotografias incrivelmente nítidas e detalhadas.

O sensor encontra-se no núcleo da câmara e define a sua capacidade de captar a quantidade de luz e de detalhes de cada fotografia. Os avanços na tecnologia de sensor da Sony estão a permitir que, com as mais recentes câmaras da Sony, os fotógrafos consigam captar fotografias nítidas nas condições mais desafiantes em condições de luminosidade reduzida, algo que até hoje não era possível.

Esta deslumbrante série de fotografias apresenta as grutas de gelo do outro mundo da Islândia, com as suas paredes azuis brilhantes e de tipo bolha que se assemelham a uma cena quase subaquática. As imagens captam ainda o fluir das cascatas, as fendas cristalinas e os túneis de gelo dentro da fortaleza gelada.

Além disso, esta série de fotografias mostra as tremendas complexidades nunca antes vistas das grutas de gelo de Vatnajokull, na Islândia - possível apenas através da nova tecnologia de sensor da Sony, que oferece imagens incrivelmente detalhadas em condições de luminosidade reduzida.

Todos os anos, o glaciar de Vatnajokull muda e transforma-se, revelando complexos sistemas de grutas que apenas existirão durante algumas semanas antes se metamorfosearem novamente.

O fotógrafo Mikael Buck e os reputados guias locais Einar Runar Sigurdsson e Helen Maria exploraram este mundo congelado, utilizando as mais recentes câmaras digitais da Sony, incluindo a α7R II que integra o primeiro sensor full frame retroiluminado do mundo e dispõe de uma resolução e sensibilidade ultraelevadas, a RX10 II e a RX100 IV que integra o primeiro sensor CMOS Exmor RS tipo 1.0 empilhável do mundo e que se destaca verdadeiramente em condições de luminosidade reduzida e de contraste elevado. As imagens foram tiradas sem a utilização de quaisquer fontes externas – apenas a luz natural filtrada pelas grutas de gelo.

Nesta série de fotografias, as grutas estéreis ganharam vida, tornando visíveis as curvas intrincadas das esculturas naturais, a estrutura delicada dos seus sincelos e a suave e marmoreada textura das paredes das grutas, as quais são formadas pelo movimento constante. As imagens captam os cursos de água nebulosos que fluem dentro da fortaleza gelada, assim como as cascatas geladas que caem e transformam as paredes azuis brilhantes da gruta. Buck também captou imagens de um habilidoso alpinista local a subir as paredes geladas para mostrar a escala da majestosa gruta azul.

Helen Maria, da Local Guide, a mais antiga empresa de guia de montanha da Islândia, afirmou: “Tenho explorado estas grutas de gelo durante anos com a Local Guide. Estar aqui é uma oportunidade verdadeiramente maravilhosa. Saber que se está a viver um fenómeno passageiro torna-o ainda mais especial – a oportunidade de ajudar a captar esta natureza em toda a sua intrincada glória e, agora, com mais detalhes do que nunca, graças à tecnologia de sensor da Sony, é uma experiência verdadeiramente mágica. Esta série de fotografias faz justiça a esta realidade como nunca antes e eu espero que, como resultado, muitas mais pessoas se sintam motivadas a visitar este local.”

Yann Salmon Legagneur, Responsável de Marketing de Produtos e Imagem Digital da Sony Europe, declarou: “Estas imagens não teriam sido possíveis há alguns anos sem que tivesse sido necessário transportar um volumoso kit, iluminação e outros acessórios para o glaciar - o que teria sobrecarregado o fotógrafo. Os sensores integrados nas câmaras α7 e RX da Sony garantem que tudo o que um fotógrafo precisa é de uma câmara de pequenas dimensões, que capte imagens sob condições de luminosidade reduzida - assim, serão capazes de captar imagens incríveis como estas.”

Sendo o líder mundial em tecnologia e produção de sensores, com aproximadamente 50% da quota de mercado global, a Sony tem o orgulho de continuar a superar os limites existentes em termos de desenvolvimento de sensores e é graças aos avanços neste domínio que imagens como estas são agora possíveis. Os sensores são uma parte vital do desempenho da câmara e o lançamento de dois novos sensores avançados este ano permite à Sony continuar a crescer na indústria da imagem digital.

Além de permitir captar fotografias incrivelmente detalhadas em condições de luminosidade reduzida, a tecnologia de sensor integrada nas câmaras RX10 II e RX100 IV também permite aos fotógrafos amadores e profissionais captar momentos nem sempre visíveis ao olho humano, com captação vídeo em câmara ultralenta 40x até 1000 fps.

Sobre a Sony Corporation

A Sony Corporation é um fabricante líder de produtos de áudio, vídeo, jogos, comunicação, dispositivos essenciais e tecnologias da informação, para os consumidores e o mercado profissional. Graças às suas atividades no mundo da música, da imagem, do entretenimento por computador e online, a Sony está numa posição única para ser a empresa líder mundial no setor da eletrónica e do entretenimento. A Sony registou um volume de vendas anual consolidado de aproximadamente 68 mil milhões de dólares no ano fiscal terminado a 31 de março de 2015. O Website da Sony: http://www.sony.pt


Informações sobre o produto

Câmara α7R II da Sony:

A nova câmara de lentes amovíveis α7R II que integra o primeiro sensor CMOS Exmor RS full frame retroiluminado do mundo, que oferece alta resolução (com aprox. 42,4 megapíxeis efetivos), sensibilidade elevada (expansível até ISO 102400 e uma resposta ultrarrápida de AF que é até 40% mais rápida do que a do modelo da câmara α7R original, graças aos 399 pontos AF de deteção de fases.

A câmara também inclui um sistema de estabilização de imagem de 5 eixos, à semelhança da acalmada α7 II, e permite a gravação de vídeos 4K em múltiplos formatos, incluindo os formatos Super 35 mm (sem pixel binning) efull frame, uma estreia mundial no que toca a câmaras digitais. Adicionalmente, dispõe do visor XGA OLED Tru-Finder recentemente melhorado e com a maior ampliação de visor do mundo (0,78x).

Câmara RX100 IV da Sony:

  • Com as suas dimensões compactas, a câmara RX100 IV topo de gama que integra o primeiro sensor CMOS Exmor RS tipo 1.0 empilhável do mundo, grava vídeos em câmara ultralenta 40x até 1000 fps e tem uma capacidade de leitura de dados ultrarrápida, até 5x mais veloz que nos modelos anteriores.

Câmara RX10II da Sony:

A elogiada câmara RX10II da Sony, com uma capacidade de zoom elevada, contém um incrível avanço nas possibilidades criativas em fotografias e filmes — o primeiro sensor de imagem CMOS empilhável tipo 1.0 do mundo com memória integrada. Utilize-a para criar incríveis filmes em 4K, em câmara ultralenta de até 40x, captar espetaculares imagens, e muito mais. Com a RX10II da Sony emerge um novo mundo da fotografia superreal.

O primeiro sensor Sony Exmor RS tipo 1.0 empilhável do mundo:

Com uma estrutura empilhável e chip de memória DRAM intermédia anexo, o novo sensor CMOS Exmor RS faz uma leitura rápida 5x mais veloz do que os modelos convencionais. Com um design recém desenvolvido, empilhado sob a área de pixelagem, o circuito de processamento de sinal de alta velocidade é alargado e o chip (de memória) DRAM é anexado à memória intermédia dos dados de imagem. Este avanço oferece novas funções inovadoras – incluindo câmara ultralenta 40x e Obturação antidistorção – que apenas estavam disponível em equipamentos de utilização profissional.

Novo sensor de imagem CMOS Exmor R full frame de 35 mm com 42,4 megapíxeis:

O primeiro sensor[i] CMOS Exmor R full frame retroiluminado de 35 mm do mundo com uma resolução de aprox. 42,4 megapíxeis efetivos, uma sensibilidade alargada até ISO 102400[ii] e um desempenho de ruído extra reduzido de forma a revelar pequenos detalhes, mesmo nas ampliações das imagens. A estrutura retroiluminada melhora a eficiência da captação de luz e amplia a escala de circuito — uma vantagem que, juntamente com a cablagem em cobre para uma transmissão mais rápida, torna a saída de dados aproximadamente 3,5 vezes mais rápida[iii]. Resultado: uma resposta ultrarrápida de focagem automática e filmes em 4K absolutamente nítidos com leitura full pixel.

[i] Entre as câmaras fotográficas digitais equipadas com sensor de imagem full frame de 35 mm. À data de junho de 2015, de acordo com uma pesquisa da Sony.

[ii] ISO 100-25600 expansível até ISO 50–102400 para a captação de fotografias.

[iii] Comparativamente com a α7R.